A economia está cada vez mais dinâmica e o mercado de trabalho tem passado por várias transformações nos últimos anos. Nesse contexto, o preparo adequado para as profissões do futuro fará toda a diferença no seu sucesso profissional.

Agora, você deve estar se perguntando: quais são as profissões do futuro? Não há uma resposta exata para essa pergunta. No entanto, há uma tendência de alta na demanda por parte de profissões que estão ligadas direta ou indiretamente na tecnologia.

Imagino que esteja interessado em saber mais sobre o tema. Por isso, neste post destacaremos algumas profissões que estão em alta e forneceremos dicas que o ajudarão a se tornar um bom profissional do futuro. Boa leitura.

Por que o mercado tem mudado tanto?

profissional - Como se preparar para as profissões do futuro

Diversas forças externas contribuem para a mudança rápida do mercado. Entre elas podemos citar aspectos econômicos, tecnológicos, sociais etc.

Todas essas questões proporcionam mudanças na sociedade e nos padrões de consumo. Dessa forma, surgem novas demandas no mercado e outras simplesmente desaparecem.

Diversas profissões simplesmente não existiam há 10 anos. Entre elas estão analista de SEO, cientista de dados, desenvolvedor de aplicativos etc. Ambas as profissões ganharam espaço no mercado em um contexto de expansão das tecnologias no nosso cotidiano.

Quais as profissões que estão em alta?

profissional01 - Como se preparar para as profissões do futuro

Muitas dessas profissões que tendem a crescer no mercado de trabalho estão relacionados à tecnologia e inovação. Apresentaremos alguns exemplos de áreas que estão em alta.

Cientista de dados

O uso constante de redes sociais e ferramentas de internet geram amplo volume de dados. Nesse cenário, as empresas precisam contar com profissionais analíticos e que saibam transformar as informações obtidas em insights valiosas para o desenvolvimento dos negócios.

Dessa maneira, as organizações poderão desenvolver produtos ou serviços que atendam melhor as demandas dos clientes.

Perito forense digital

Ele é responsável por registrar e identificar minuciosamente crimes cibernéticos, fraudes, invasões de servidores e espionagem no ambiente digital. Esse profissional deve ter inglês fluente e bastante conhecimento tecnológico. Além disso, o reconhecimento de padrões é fundamental para o profissional.

Advogado de direitos digitais

Trata-se de uma área nova e pouco regulamentada do direito, mas com bastante futuro. Os advogados dessa área terão com o objetivo de lidar com a proteção dos dados digitais. A principal regulamentação da área é a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) que visa garantir mais segurança às informações na internet.

Gestor de inovação

A principal atribuição desse profissional é desenvolver ideias novas com a intenção de ajudar no crescimento dos negócios. Há empresas que estimulam bastante a inovação e chegam a pagar até R$16 mil de salário ao colaborador.

Como se dar bem nas profissões do futuro?

profissionaldofuturo02 - Como se preparar para as profissões do futuro

Resumidamente, quem for flexível e estiver aberto a mudanças tende a estar melhor preparado para ser um bom profissional no futuro. Na sequência do post forneceremos algumas dicas que o ajudarão alcançar o sucesso na carreira no cenário de transformações rápidas.

Aceitar as mudanças e não ir contra elas

O primeiro passo para ser bem sucedido nas profissões do futuro é aceitar as mudanças e estar aberto às transformações. As alterações tecnológicas vieram para ficar mundo dos negócios, pois elas são indispensáveis.

Isso não quer dizer, contudo, que você deve ficar esperando o que acontecerá pela frente ou mesmo que deve descartar tudo o que aprendeu na sua profissão.

O mais importante é saber que será necessário se adaptar a maneira pela qual aprende, trabalha e ensina. Também é fundamental estar aberto às novidades.

Entender que a transformação é humana

As tecnologias são importantes nessas alterações, mas a essência das mudanças é humana. O domínio de programação e análise de dados são habilidades bem-vindas no mercado, mas as habilidades intrapessoais e interpessoais continuam sendo muito importantes.

A habilidade intrapessoal diz respeito ao autoconhecimento. Trata-se de uma das características mais importantes, pois o auxiliará no desenvolvimento de outras áreas. Quem se autoconhece sabe quais são as suas habilidades e os pontos de melhoria, ou seja, aquilo que precisa ser desenvolvido.

A habilidade interpessoal, por sua vez, refere-se a sua capacidade de relacionar com as outras pessoas. Nesse contexto, algumas habilidades são muito valorizadas nas profissões do futuro. Entre elas estão o trabalho em equipe, a liderança, a comunicação etc.

profissional 1 - Como se preparar para as profissões do futuro

Incorporar o estudo ao seu dia de trabalho

Trata-se de uma das características mais importantes para tornar a pessoa mais preparada para as profissões do futuro, pois o cenário é de intensas transformações . A incorporação no estudo na sua vida de trabalho o ajudará a manter competitivo e atuante.

Em um mundo na qual as pessoas tenham acesso rápido e amplo de informações, quem tiver mais capacidade de aprendizado tende a se destacar no mercado.

É importante também estar atento a alguns conhecimentos técnicos e abrangentes. Alguns deles o abrirão portas no mercado de trabalho e outros o ajudarão a desenvolver habilidades fundamentais. Nesse contexto, podemos citar, por exemplo, o inglês, a programação, o marketing etc.

Não há uma resposta exata e que seja válida para todas as profissões. O profissional deve verificar o que é necessário na sua profissão e, assim, definir o que é necessário aprender para gerar mais valor no mercado.

Ao mesmo tempo, a pessoa precisará estar atenta às futuras oportunidades das profissões do futuro que surgirem aproveitá-las da melhor forma. Também é importante desenvolver soluções eficazes para solucionar os problemas das empresas. Dessa maneira, será possível desenvolver-se profissionalmente e colaborar para o crescimento da empresa.

Ser flexível

Isso não significa que o profissional não deve ter alguma função específica e nem que ele deve saber tudo. A flexibilidade é uma característica parecida com adaptabilidade. A pessoa deve se manter atenta e aprender a lidar com diferentes ferramentas e visões de mundo.

Vale destacar ainda que o conhecimento de diferentes visões do mundo ajudará o profissional a desenvolver serviços únicos que ajudem a resolver as dores dos clientes. Além disso, a pessoa tende a ter acesso a diversidade de oportunidades em relação às profissões do futuro.

É difícil cravar exatamente quais serão as profissões do futuro. Porém, muitas delas tendem a estar ligadas à tecnologia. Nesse cenário de intensas transformações é fundamental que o profissional seja flexível, tenha alta capacidade de aprendizado e esteja aberto a mudanças. Dessa forma, será possível aproveitar melhor as oportunidades do ambiente.

Agora, que já sabe como se preparar para as profissões do futuro, veja, neste post, quais são as melhores estratégias para se recolocar no mercado de trabalho.