É cada vez mais relevante discutir as consequências do aquecimento global para a sobrevivência da humanidade. No entanto, embora o tema esteja no topo das agendas políticas, científicas e econômicas mundialmente, são poucas as pessoas que sabem o que é o aquecimento global e seus impactos.

aquecimentoglobal - Como as consequências do aquecimento global impactam a vida

O aquecimento global nada mais é do que o aumento das temperaturas médias do planeta ao longo dos últimos tempos. A principal causa desse problema climático que afeta todos nós é a potencialização do efeito estufa. Lembrando que este fenômeno vem apresentando uma maior intensidade também em razão da poluição do ar, resultante da ação humana.

A causa do aquecimento global é o aumento da concentração de Gases de Efeito Estufa (GEE) na atmosfera, principalmente o dióxido de carbono (CO2). As atividades industriais e agropecuárias, a queima de combustíveis fósseis e o desmatamento são algumas das fontes de emissão destes gases. 

Como se dá o efeito estufa? 

O efeito estufa ocorre da seguinte forma: na atmosfera há os gases do efeito estufa. Eles garantem que parte do calor que chega ao planeta fique retido. O problema está na maior incidência desses gases, que acarretam maior retenção de calor. E, consequentemente, no aumento da temperatura.

Para ter-se uma ideia, a temperatura média global da superfície da terra aumentou aproximadamente 0,74 ºC nos últimos 100 anos. 

Parece pouco, mas cabe esclarecer que cada décimo de grau importa muito. Afinal, os impactos das mudanças climáticas e as consequências do aquecimento global sobre a saúde humana são sempre crescentes. 

Consequências do aquecimento global 

aquecimentoglobal2 - Como as consequências do aquecimento global impactam a vida

Elevada quantidade de chuvas

Esse fenômeno ocasiona deslizamentos constantes de terra e aumento das enchentes. Outro ponto alarmante diz respeito às áreas costeiras e litorâneas que sofrem com o aumento do nível do mar. Graças ao degelo das geleiras ocasionado pelo aumento da temperatura média do planeta.

Falta de água

As áreas secas do planeta sofrem ainda mais com a falta de água. Desse modo, a água potável, que já é escassa em algumas regiões, pode ser motivo de mortes e de disputas políticas. 

Além disso, com o aumento da seca, ocorrem incêndios cada vez mais frequentes. Destes decorrem a perda de biodiversidade. O que gera uma enorme ameaça à vida da população.

Extinção de diversas espécies de plantas e animais

A extinção como uma das consequências do aquecimento global ocorre em virtude das condições ambientais adversas para a maioria das espécies.

Queda na produção de alimentos

Chuva, aumento na temperatura média e mudanças na composição do solo são fatores que influenciam a produtividade e a qualidade das lavouras. Há menos produção e menor valor nutricional das lavouras. 

Pesquisas apontam que em um planeta mais quente, há uma mudança no metabolismo dos insetos. Isso faz com que eles comam mais e aumentem as perdas nas lavouras.

Migração

Famílias inteiras migram para outras regiões em busca da sobrevivência. Fugindo de problemas ambientais, como inundações, seca, desertificação e outros eventos relacionados ao clima. Talvez esta seja uma das mais sérias consequências do aquecimento global.

Impactos sociais e à saúde do aquecimento global 

A nossa saúde é afetada intensamente pelo aquecimento global e a consequente mudança climática. Problemas como insolação, alergias, doenças transmitidas por mosquitos, como dengue e malária, podem ser intensificados devido ao aumento da temperatura global.

Indiretamente, a mudança do clima afeta a saúde humana causando desnutrição, piorando as condições de trabalho e gerando estresse mental. 

A ciência mostra que os impactos das mudanças climáticas sobre a saúde num cenário de aquecimento global de 1,5°C são menores que os esperados em um cenário de aquecimento de 2°C. E significativamente menores se comparados com a situação criada em um cenário de aquecimento de 3°C. 

Vale dizer que o estresse térmico afeta a produtividade e pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares, respiratórias e renais. Mesmo o aquecimento de 1°C reduz a produtividade entre 1% e 3% daqueles que trabalham ao ar livre. 

Populações pobres e sem acesso ao ar condicionado serão as mais afetadas, pois terão mais dificuldade de escapar do calor extremo.

Um aspecto social relevante é o aumento da fome, uma vez que a dificuldade de acesso à alimentação cresce. Não somente pela baixa produção de alimentos, mas também pela possível elevação dos preços.

Mortes causadas pelas mudanças no clima

A combinação entre a temperatura média e a umidade relativa do ar se tornam mortais para a vida na Terra.

Mas como o calor pode causar mortes? Quando o meio ambiente está em uma temperatura superior à 37°C, a capacidade de dissipar calor do meio ambiente fica reduzida, levando o corpo a ficar superaquecido. Além disso, quando a umidade atmosférica é alta, o principal mecanismo de regulação térmica do organismo, a transpiração, para de funcionar.

Nos últimos anos, ondas de calor têm atingido diversas regiões, incluindo países de temperaturas amenas. Chegando a provocar um número considerável de mortes. No verão europeu e norte-americano, o registro de altas temperaturas está se tornando frequente, com ondas de calor de até 40°C. 

O Sul da Ásia também é alvo desse fenômeno. Em 2015, houve 3.400 mortos em cidades do Paquistão e da Índia, com temperaturas acima dos 48ºC. Ou seja, as consequências do aquecimento global são realidade há tempos.

O que cada um pode fazer?

Se a ação humana foi a responsável pelo aquecimento global, frear esse movimento também só ocorre com a união de esforços de governos, empresas e da sociedade civil.

O primeiro passo para combater o aquecimento global é a escolha de fontes renováveis e não poluentes de energia. É mais que urgente diminuir ou até abandonar a utilização de combustíveis fósseis, como o petróleo. 

Por parte das indústrias, a diminuição das emissões de poluentes na atmosfera também é uma ação necessária no combate às consequências do aquecimento global .

Outra forma de combater o aquecimento global é diminuir a produção de lixo. Para isso, é preciso promover ações de conscientização social e de estímulo de medidas de reuso e reciclagem, por exemplo. Com esta medida, há uma diminuição da emissão de gás metano, muito comum em áreas de aterros sanitários.

A preservação da vegetação dos grandes biomas e da Amazônia, assim como o cultivo de áreas verdes no espaço agrário e urbano podem atenuar as consequências do aquecimento global.

Se você curtiu esse conteúdo, deixe seu comentário. E compartilhe nas suas redes sociais. Afinal, é importante que mais pessoas estejam a par desse tema tão relevante.

Banner Inferior Desktop - Como as consequências do aquecimento global impactam a vida