Conforme a tecnologia dos meios digitais avançam, aumenta de forma considerável o número de usuários que sofrem golpes na internet. As estratégias de golpes na internet estão em constante mudança e renovação. Tanto que as empresas de segurança digital, por vezes, têm dificuldades em acompanhar as mudanças.

E, se as pessoas também estão cada vez mais inseridas nas redes sociais, talvez seja por isso que os golpistas passem a dar maior foco nesses tipos de ambientes virtuais.

É inegável que a internet tornou a vida de todos muito mais fácil. Pela rede você pode comprar praticamente tudo o que quiser, até assistir séries e conhecer pessoas interessantes. No entanto, você deve ter cuidado e nem sempre confiar em tudo que aparece.

Cuidados com as redes sociais

A internet facilitou a comunicação dando acesso quase ilimitado ao conhecimento e abrindo caminho para novas oportunidades. Com a internet, é possível fazer parte de uma sociedade globalizada, repleta de oportunidades econômicas, transações comerciais e realizar todo tipo de interação social a qualquer momento e em qualquer lugar. Mas também causou um problema muito preocupante: golpes na internet.

Os golpes na internet, hoje, são a ordem do dia e constituem uma ameaça constante tanto para grandes ou pequenas empresas, além de usuários comuns. Na verdade, o golpe ou a fraude sempre esteve presente nas sociedades e tem relação com todos os tipos de atividades humanas. E, lógico, não é de se surpreender que tais comportamentos também sejam encontrados no mundo digital.

Toda vez que você realiza uma ação pela rede, seja conversando com amigos, pesquisando informações, compartilhando fotos e textos, contratando serviços, comprando produtos, etc, pode estar correndo um risco invisível.

O problema que toda essa praticidade de usar aplicativos, estar online, e em acessos Wi-Fi sempre disponíveis, torna toda a vida muito mais conveniente e atrativa, onde se permite fazer tudo isso a qualquer hora do dia e em qualquer lugar. Apenas você precisa de uma simples conexão com a Internet.

Porém, você tem que tomar cuidado ao fazer isso, pois há muitos golpistas na rede que estão à espreita de obter ganhos e dados pessoais à custa de sua confiança.

Mas, que tipos de golpes na internet existem?

Golpes na internet mais conhecidos

Conheça alguns dos golpes na internet mais usados ​​em redes sociais:

1. Fraude de cartão

Neste tipo de golpe é feito o uso não autorizado do seu cartão de crédito, da conta bancária ou de outras possíveis informações pessoais. Os seus dados geralmente são obtidos ou por meio de falsas vendas falsas ou através de spams que são capazes de obter e rastrear seus dados bancários, sem que você tome conhecimento disso e possa cancelar a compra ou o cartão.

Golpes na internet mais comuns e como evitar

Na verdade, os tipos de golpes na internet de uso bancários só podem ser descobertos por meio de extratos, por isso, é sempre importante que, após uma compra online, você monitore sua conta ou tire um comprovante. Por qualquer cobrança suspeita, cancele imediatamente seu cartão.

Em outros momentos, o malware instalava ferramentas como janelas de pop-ups que eram difíceis de remover, mas hoje, eles podem causar outros sérios danos porque são ocultos e se infiltram comprometendo sua rede doméstica ou de trabalho.

2. Opções Binárias

Hoje as opções binárias podem ser considerados como os golpes na internet de maior frequência. Trata-se de um método simples de negociação, que em si, não são fraudes. Mas são uma ponte fácil de operação especulativa para que corretores e serviços não regulamentados, possam convencê-lo a depositar qualquer quantia.

Golpes na internet mais comuns e como evitar

As opções binárias oferecem uma grande variedade de valores atraentes para pessoas que querem investir dinheiro. Muitas das mensagens de opções binárias ocorrem em aplicativos como o Whatsapp, patrocínios em Instagram e Facebook, além de outros mecanismos. Em geral, são tipos de anúncios que afirmam lucros rápidos, e em menos de um minuto você estará “negociando” nos principais mercados mais líquidos do mundo.

Em geral, o lugar de atividade preferido por estas transações e localizações se encontram em listas de golpistas financeiros pela dark web e que podem estar simplesmente operando em um computador com acesso a internet, em outro país, ou mesmo em um call center!

Para evitar esses golpes na internet você deve saber usar bem seus recursos de aplicativos, anti-spams, ter cuidado ao pressionar sem querer seu smartphone, clicar em algum email ou responder alguma chamada em aplicativo de mensagens. Para qualquer tipo de investimento, nunca deixe de conferir suas licenças, os regulamentos e verificar as leis locais antes de continuar os procedimentos.

3. Sites falsos

Os sites falsos ou clonados constam nas principais lista de fraudes e golpes na internet. Trata-se de websites que possuem a mesma URL de uma empresa X, com identidade visual idêntica, e que na verdade, fazem você pensar que está no site certo. Mas não. A criatividade e imitação é tanta que muitas vezes qualquer especialista poderia ser enganado. Nesses sites ecommerce, aceitam formas de pagamento por boleto, cartão e depósito, criando lojas virtuais, etc.

Golpes na internet mais comuns e como evitar

A suposta empresa recebe o seu dinheiro e utiliza algum tipo de desvio do destino mantendo seus “clientes” ocupados até que haja um direcionamento. A melhor forma de evitar esses golpes na internet é fazer a devida investigação criteriosa no site que você deseja fazer uma compra. Caso o site não apresente certeza da sua autenticidade, não faça a operação.

4. Notícias falsas

As falsas notícias ou como são chamadas hoje, as fake news, são outra forma de golpes na internet que se espalham como vento. É uma grande fraude que ocorre em todo o mundo. As fake news são usadas ​​principalmente para influenciar a opinião pública ou para distrair a atenção das pessoas.

A questão das fake news virou um problema tão sério que países estudam a regulamentação para a veracidade das informações compartilhadas em aplicativos de mensagens instantâneas e sites falsos que replicam estas notícias.

Sabe-se que as fake news foram usadas massivamente durante as eleições dos EUA em 2016, e que as consequências podem ser rastreadas até hoje, lançando sombras de dúvidas sobre o papel das mídias, dos investidores de campanhas, etc. Além disso, uma fake news, não necessariamente trabalha apenas para prejudicar governos, mas pode mudar comportamentos sociais, desinformar a população, entre outros problemas.

Golpes na internet mais comuns e como evitar

Assuntos relacionados que podem lhe interessar:

Como a Inteligência Artificial está impactando a nossa vida
Smartphones intermediários: o que considerar para comprar

5. Antivírus

Ao navegar pela Internet você se depara com uma janela pop-up que informa que seu PC ou smartphone pode estar infectado. Por um lado, você mesmo pode verificar se isso é verdade acionando um antivírus que já esteja em sua mão. Porém, o problema é que quando estas mensagens de vírus ocorrem, aquela janela pop-up que surgiu trata-se, na verdade de um vírus, como um trojan que lhe pedirá para baixar o antivírus para que possa remover a ameaça.

Assim, você pode se tornar uma vítima fácil com uma simples tela com mensagem de antivírus famosos como o Norton, McAffee, Avast ou outro qualquer.

6. WhatsApp Gold Edition

Se você nunca ouviu falar deste golpe, leia com atenção. Foi criada uma suposta versão do WhatsApp com alguns recursos que seriam mais “avançados” que chamou a atenção de milhares de usuários na hora de instalar. É o chamado “WhatsApp Gold”, que segundo o escritório do WhatsApp oficial, não existe versão especial Gold Edition nenhuma.

O “WhatsApp” oferece serviços e funções como algumas ligações por vídeo e outras utilidades. O usuário é redirecionado para páginas, através de links que lhe mostram promoções de iPhone grátis, instalações de jogos para celular, além de downloads de antivírus. Como o Brasil é um dos países onde o WhatsApp virou o aplicativo número 1 de mensagens, foi um dos golpes na internet mais instituídos.

7. Mensagens de voz

Pessoas que gravam áudios e espalham notícias são chamadas de cyberworms. Pelo WhatsApp é muito comum receber estas mensagens de voz, que podem na verdade, ser uma faca de dois gumes: podem servir como fake news ou notícias falsas com algum propósito, ou bem mais perigoso, pois a mensagem pode estar infectada com algum malware.

Se no momento você receber alguma mensagem pelo  WhatsApp e que desconhece a pessoa que fala, mesmo que tenha sido encaminhada por um amigo ou familiar, fique alerta: a melhor opção é excluí-la ou perguntar do que se trata.

A melhor dica é a segurança

A insegurança para os golpes na internet vem crescendo. São muitas as reclamações, processos e pessoas vitimadas. É por isso que para evitar golpes na internet, enquanto as legislações dos países adequam suas supervisões, você deve se precaver com maior segurança ao navegar pelas redes sociais, nas áreas cinzentas do mundo digital.

Tenha cuidado ao fornecer dados pessoais para terceiros. Na dúvida, não continue as operações, não compartilhando e nem preenchendo nenhum formulário. Caso você suspeite que houve violação da sua identidade, altere as senhas de todas as contas de redes sociais e sempre atualize o antivírus.

A segurança online é um dos muitos benefícios para você. Proteja seus dados usando redes privadas virtuais ou VPN como meio de garantir a integridade das suas conexões. 

Se você gostou desta abordagem sobre segurança e golpes na internet, no uso de redes sociais você não pode perder este texto Privacidade online: 10 dicas para proteger seus dados!