Monstros, mistérios e a fantástica estética vintage marcam mais uma temporada de Stranger Things. A 3ª fase desse seriado, que já se tornou parte da cultura pop, trouxe todas as marcas clássicas das séries originais Netflix. Além disso, também já indicou pistas para os capítulos posteriores — ainda sem data!

A temporada que estreou dia 4 de julho colocou fãs no sofá por horas seguidas para ver possíveis respostas da segunda temporada e as novidades dessa. Além disso, a 3ª temporada confirma que o principal ativo de Stranger Things continua sendo o clima sombrio cheio de surpresas instigantes.

Confira pontos relevantes da terceira fase da trama, e possíveis indícios do que virá para a quarta — esperamos que não a final — temporada de Stranger Things!

Stranger Things 3ª temporadaReprodução/TribunaPR

*Atenção, este artigo tem spoilers, então se você ainda não viu a 3ª temporada de ST, corra para assisti-la e depois venha para cá!

Stranger Things: resumo e pontos altos da 3ª temporada

O foco da temporada que estreou no comecinho de julho explorou alguns aspectos antes não tão aprofundados nas temporadas anteriores. A relação entre personagens, em especial o crescimento deles, o clima quente do verão e o plano do Devorador de Mundos são alguns dos focos.

Um clima mais quente e extrovertido

Com o calor das férias de verão, a trama ganha um ar mais despojado, porém não menos frio no sentido assustador da palavra.

Também com o lado mais “curtição” trazido pelas férias, a escola deixa de ser o ponto principal onde a história de desenrola. Agora há um shopping como local de foco da terceira parte da trama, que se onde as batalhas e surpresas da série acontecem.Isso ajuda a dar um fôlego novo para Stranger Things, e a sair de um cenário repetitivo aos olhos de quem é fã. 

Ponto alto também que embala o tom mais divertido dessa temporada são referências espalhadas pelos oito episódios, de filmes mundialmente famosos. O Exterminador do Futuro, O Iluminado e De Volta para o Futuro dão alguns deles.

As relações ente personagens

Ainda com a atmosfera tenebrosa, o roteiro amaciou um pouco esse clima típico do seriado colocando novos elementos em cena.

Os jogos de RPG que os personagens estavam acostumados a jogar reunidos ficaram apenas para a atenção do Will nessa temporada. Lucas e Dustin estão na puberdade e as vontades dessa fase humana começam a aflorar neles.

Essa proposta desenvolve por outro ângulo as personagens nessa terceira fase de Stranger Things, e acrescenta mais realidade ao seriado.

Com o crescimento dos personagens para a adolescência, os sentimentos e pensamentos à flor da pele, dão um viés mais emocional e psicológico ao seriado. Alguns conflitos surgem como fruto desse mote na história, a exemplo de Mike e Lucas, que começam a se desentender com Dustin e Will.

Stranger Things Will, Mike e Lucas

Reprodução/Deadline

Monstros e planos maléficos

Enquanto as crianças cresceram e se tornaram mais conscientes de si e do mundo ao redor, os monstros do Mundo Invertido continuam a vê-los como grandes ameaças.

Depois de aterrorizar os já crescidos personagens, as criaturas continuam a querer destruí-los. Porém, com duas derrotas nas costas — nas temporadas anteriores —, de Eleven, eles buscam uma revanche definitiva. O viés nessa parte da 3ª temporada de Stranger Things é que eles agem mais silenciosos do que nunca, sempre tramando formas ainda piores para tomar a cidade de Hawkins.

Humanização e morte

A levada da 3ª parte de ST transmite um ótimo contraste entre um novo lado mais humanizado da série e o terror do Mundo Invertido e do Devorador de Mentes, habituais nas temporadas anteriores.

Há uma boa valorização de cenas que remetem ao cotidiano do mundo real, com os agora adolescentes indo ao shopping se divertir, tomar sorvete e se ver  quando não estão lutando.

Além disso, a morte é retradada de maneira realista. Apesar de ser uma série do gênero ficção fantástica, Stranger Things 3ª temporada traz cenas que evidenciam a fragilidade humana, como na explosão com o delegado Hooper, ou na morte de Billy, atingido no coração.  

4ª temporada: pistas e expectativas para a próxima parte

A terceira temporada também abriu algumas possibilidades para o que virá na sequência. Com trechos mais indicativos e outros nem tanto, fazendo você pensar nas entrelinhas da história para desvendar os próximos passos do seriado.

A deixa pós-créditos

Já te falaram para assistir uma série ou um filme até os créditos terminarem? Stranger Things te dá um bom motivo para fazer isso. Depois das clássicas “letrinhas subindo” com as menções a equipe de produção, ST abre a tela novamente para uma cena ambientada na Rússia.

Em uma base militar, dois soldados conversam enquanto uma cela é mostrada rapidamente. Um dos russos diz algo como “não o americano”. Então, ele pega um prisioneiro e o arrasta para virar jantar de um Demogorgon.

Pois bem, quem será o tal “americano” que o soldado se referiu? Há fortes indícios de que Hooper é a figura dessa pista. No final da terceira temporada ele, supostamente, morre na explosão da chave do portal. Porém, ele também pode ter sido capturado. Será? 

O delegado não morreu

Stranger Things Hooper

Reprodução/Minha Série

Uma pista que leva a essa teoria é depois da cena da explosão, que envolve Hooper, Grigori e Joyce. O xerife dá um aceno para Joyce mandar tudo pelos ares, matando o xerife nessa cena. Mas em nenhum momento o corpo de Hooper é mostrado, sinalizando seu fim.

Pelo contrário, o que evidenciam na situação são soldados russos sendo aniquilados pela explosão. Será mesmo que Hooper morreu ou isso foi uma mostra de que o personagem virá para a quarta temporada mais vivo do que nunca?

Demogorgon e os russos

Já falamos que um dos soldados russos deixam um prisioneiro para ser “ração” de Demogorgon, mas como eles o conseguiram?

Ao que algumas cenas indicam, os soldados do país gelado abriram o portão do Mundo Invertido e um dos bichões veio nessa abertura. Com o monstro “em mãos”, os militares viram uma arma poderosa para o exército, em seu favor.

Stranger Things Demogorgon

Reprodução/Inverse

Essa relação de “parceria” entre russos e Demogorgons para a quarta temporada de Stranger Things, fica mais forte quando é apoiada na cena dos soldados em Hawkins. A intenção desses agentes na cidade era a de aproveitar que o portal já havia sido aberto no espaço, para tentar reabri-lo com facilidade.

Ao que tudo indicou nessa premissa da quarta temporada de Stranger Things, muita coisa ainda vai acontecer e deixar fãs alvoroçados. Segundo o diretor e produtor da série, Shawn Levy, não há uma previsão de lançamento para a próxima leva de episódios. Nem sabemos se já estão sendo produzidos!

Contudo, ele sugeriu que pode ainda existir uma quinta parte. Resta saber quanto tempo você vai ter que esperar para curtir mais duas temporadas desse clima sombrio e pesado que Stranger Things cravou na Netflix.

Comente aqui abaixo o que você achou dessa terceira temporada, e o que acha que vai acontecer na próxima!