A tecnologia 5G está prestes a ser posta comercialmente por aqui. De forma a dar continuidade ao rápido processo tecnológico que traz ao público novas adaptações no cotidiano, veremos como a tecnologia 5G no Brasil será refletida, desmistificando mitos e esclarecendo verdades que proliferam e se espalham rapidamente.

5G no Brasil

Por que há tanta empolgação com a nova tecnologia 5G? A seguir, apresentamos algumas informações importantes de por que a próxima geração tecnológica é muito mais do que apenas um aumento na velocidade e por que você deveria ficar animado.

A tecnologia 5G e tudo o que você precisa saber para entendê-la

Em termos de evolução tecnológica, há dez anos atrás, era difícil afirmar verdades sobre robótica, impressão 3D ou realidade virtual como são discutidos hoje.

No amplo setor das telecomunicações, a 5G, junto com a Inteligência Artificial vem sendo, dos temas abordados, a mais citada por todo o campo empresarial e do universo da tecnologia. A tecnologia 5G em breve deverá mudar sua vida de forma revolucionária com a sua velocidade e capacidade de implantação de novos sistemas.

Mas o que exatamente é a 5G? Basicamente, a 5G é o sucessor da tecnologia 4G. Hoje, já nos acostumamos pensar que o smartphone tornou-se indispensável para a nossa vida cotidiana. Estamos, na soma total, algumas horas por dia em nosso smartphone conectado, seja compartilhando informações, pesquisando, lendo ou se comunicando. E agora, quando nos aproximamos da 5G, desenvolve-se ao mesmo tempo, uma nova geração de padrões que não apenas inaugura velocidades, mas uma expansão das experiências de interações.

Em outras palavras, a tecnologia 5G, além de ser uma evolução, ela também se configura como um novo marco.

5G no Brasil

Basicamente, a tecnologia 5G é orientada por alguns requisitos:

  • Possui uma taxa de dados de até 10 Gbps;
  • Latência de 1 milissegundo;
  • 100% de cobertura;
  • Número até cem vezes em dispositivos conectados por unidade de área;
  • Redução de 90% no uso de energia;

No entanto, a tecnologia 5G vai muito além dos smartphones, já que permitirá, entre outras coisas, por exemplo:

  • ter particularidades com a Inteligência Artificial de forma notável;
  • melhora na realidade virtual;
  • interação com cidades inteligentes;
  • desenvolvimento na automação residencial;
  • a utilização de robôs que passarão a trabalhar na rede.
  • novos procedimentos cirúrgicos;
  • aplicabilidade em meios de transporte mais seguros;
  • comunicação instantânea para serviços de emergência, entre outros

Desta forma, a 5G promete abrir as portas para a próxima e quinta geração de tecnologia. O que isso significa? Que ela pode ser de até 10 a 100 vezes mais rápida que a nossa conexão atual. As redes 5G poderão reduzir o tempo de atraso entre os dispositivos e seus servidores quase a zero.

5G no Brasil

Implicações na tecnologia 5G: mitos e verdades

Mas, para chegar a tudo isso, a tecnologia 5G precisará transitar por ondas de rádio de alta frequência que devem ser mais rápidas e de largura maior de banda. Isso implica que empresas que atuam com as redes sem fio precisarão instalar milhares de estruturas semelhantes a torres pequenas próximas a seus edifícios e mesmo dentro das instalações internas.

Como a 5G poderá em primeira instância complementar a tecnologia anterior 4G, ao invés de simplesmente substituí-la. Nessa transição, é possível que quando alguém estiver dirigindo, por exemplo, a 4G seja uma das únicas opções, por algum momento, pelo menos.

Mito #1: Nem o WiFi e nem a tecnologia 5G causam câncer

Não existe nenhuma evidência científica que afirme que as ondas WiFi possam causar câncer. Este assunto, que geralmente vem à tona, continua não sendo respondido pela falta de evidências.

Verdade #1: Complicações de conexões

Em lugares onde os investimentos para a 5G não forem terminados, baixar grandes blocos em alta velocidade poderá aumentar o número de terminais de atendimento simultâneos, podendo afetar a velocidade para grandes aglomerações.

Mito #2: É apenas sobre velocidade

Entre os principais benefícios está o que se chamou de baixa latência, que corresponde ao tempo de resposta entre um click e um link. Mas a verdade é que a revolução 5G vai muito além da velocidade, mas a toda uma nova forma de perceber as interações entre os objetos e as pessoas e os objetos entre si.

Verdade #2: Realidades cada vez mais virtuais

Sim, é possível afirmar que dentro de 20 anos, a ideia de hologramas, carros autônomos, videogames de pura realidade virtual e biotecnologia podem estar cada vez mais presentes em nossas vidas.

Mito #3: Transformar meu celular em 5G

A princípio, não será permitido simplesmente aplicar a tecnologia 5G ao seu smartphone atual. Ela requer um conjunto específico de suportes para acessar certas bandas específicas.

Verdade #3: O 5G pode aparecer aos poucos

Você não precisa aguardar 2020 ou 2021 para ter a tecnologia 5G em suas mãos. Há indícios de que smartphones 5G sejam ainda lançados este ano, com tecnologia capaz de interagir em redes específicas que sairão em massa a partir de 2020, como um teste. A Samsung e tecnologia Android já lançaram modelos dos primeiros smartphones 5G neste ano, com cartões 5G SIM.

Quais são as diferenças entre a rede 4G e 5G

Como nas gerações anteriores referentes à conexão, a principal diferença se encontra no avanço  da velocidade. Especificamente neste caso, a tecnologia 5G pretende estabelecer um número de cerca de 200x mais rápida do a anterior.

5G no Brasil

Essa cifra e largura de banda permitirá, por exemplo, que downloads de arquivos considerados “grandes” sejam realizados em poucos ou em um segundo apenas. Mas, como foi dito acima, a questão da velocidade não é a única grande característica.

Haverá uma enorme diferença na interatividade entre usuários. Enquanto a capacidade para download incentivará o uso além do atual, o consumo de banda pode chegar a superar os 35Tbps. Isso significa que o volume de acesso multiplicará de forma muito alta, por exemplo, para o caso de fazer videochamadas além da forma convencional bidimensional, e outras.

Outra grande diferença está na consideração da chegada da realidade virtual, uma possibilidade cada vez mais possível com a 5G. Além disso, a rede 5G já vem com recursos avançados como o backup, com um melhor desempenho de transferência e cobertura.

Com esse panorama, o esforço de investimento de novas empresas desenvolvedoras têm crescido nos últimos anos, como fabricantes de chips, processadores, telecomunicações e IA. Como esse investimento é caro ainda, não seria surpresa se mega companhias que já atuam no ramo de nuvem, tal como a Google, Amazon e Microsoft capitalizem esses investimentos nas operadoras e grupos de torres.

Conheça o impacto da 5G no Brasil

O novo sistema de acesso à internet no mundo está se programando para começar a ser expandido a partir de 2020 e nos próximos anos com muitas promessas, inclusive em nosso país. Praticamente, a 5G no Brasil multiplicará a capacidade e a velocidade pela forma como pretende se estabelecer na cobertura e intervenção em atividades inéditas.

No entanto, esse bolo de possibilidades e promessas está ainda no ar. A questão é que para garantir essas novidades, a 5G no Brasil precisará de um grande esforço de investimento caro, comprometimento das empresas estatais reguladoras e garantia de acesso multiplicado por vezes o número de torres e antenas no país. Assim, espera-se investimentos altos,

Assim, o 5G no Brasil pode correr o risco de não cumprir todas as suas promessas e demorar a encontrar com o tempo, os ajustes necessários para sua real implementação. A chegada do 5G no Brasil exigirá mudanças radicais no padrão atual, que não incluem apenas os smartphones e redes sem fio, mas também toda uma gama de dispositivos como: tablets, smartTVs, smartwatches, geladeiras, máquinas de lavar, sistemas de segurança, carros, etc.

Vantagens que a tecnologia 5G no Brasil pode trazer

O que a 5G significa para o usuário comum? A 5G no Brasil, além de ser uma internet com maior velocidade, irá dispor de uma conectividade mais ampla ao mundo como o vemos hoje.

Entre exemplos incríveis mais próximos ao nosso cotidiano está o do carro conectado. Até hoje, até com a 4G, era praticamente impossível pensar em conceito de carro automático ou que atende às orientações dos sinais. Com a 5G isso pode ser possível e o mesmo se aplica ao controle de outras máquinas e robôs.

No futuro imediato, a maioria das redes que são baseadas em PC ou smartphone terão suas funções transformadas em software, que permanecerão em nuvem. Ou seja, não apenas a velocidade da conexão será aprimorada, mas também a possibilidade de desenvolvimento de outras novas tecnologias.

A rede 5G no Brasil pode vir projetada para conectar um número bem maior de dispositivos do que uma rede normal. Por exemplo, ela pode alimentar outros dispositivos ao seu redor do que apenas os que você está acostumado, como por exemplo, equipamentos de escritório, doméstico, agrícolas ou até caixas eletrônicos.

Itens domésticos

Além da velocidade, a nova tecnologia é projetada para operar de forma diferente em itens de consumo que não precisam de uma conexão permanente, como sensores, por exemplo. Um dos benefícios é o uso de 3D com a impressora que implicará mudanças comerciais significativas para o mercado.

Automóveis

O tipo de comunicação de veículo para motorista e de veículo para veículo (V2V) será realizada com rápida conexão de de forma autônoma

Entretenimento

Os jogos de realidade virtual trará inúmeras inovações no setor. Outro benefício da tecnologia 5G no Brasil, provavelmente surgirá com o aprimoramento de vídeo de alta resolução e com baixa latência.

Saúde

As operações cirúrgicas poderão ser feitas de forma remota.

Acessibilidade e Conectividade

Há grande chance de acesso serem feitos sem fio fixo, com comunicações de IoT (Internet das Coisas) de latência chamada “ultra baixa”. A tecnologia de casas e cidades inteligentes levará a conectividade doméstica a outro nível, diretamente para os dispositivos domésticos e comerciais, garantindo maior segurança e custos operacionais mais baixos.

De acordo com a Anatel, a preparação do terreno para a implementação da infraestrutura para a 5G no Brasil é uma questão de tempo e se encontra entre as prioridades do governo. Como ainda não existe uma previsão certa para a 5G no Brasil, a Agência Nacional pretende até a metade do ano que vem realizar um incentivo às empresas que queiram investir nas frequências novas, onde algumas operadoras já estão em fase de testes.

Entre as informações recorrentes, os especialistas afirmam que o investimento em telecomunicação para a 5G no Brasil podem superar bilhões de reais nos próximos anos e que requer formas de arrecadação diversas, como leilões por exemplo. Para eles, 3 desafios existem para a implementação da 5G no Brasil: a construção de redes de fibra ótica, ampliar o número de antenas e liberar faixas de espectro.

Desta forma, a partir de 2020, a tecnologia 5G no Brasil dará o passo para o início de uma grande revolução, tanto para usuários da rede, consumidores e mercado. Em todo o mundo, a nova revolução já está em ação e os efeitos dessa revolução estarão presentes em todas as atividades humanas, dentro do fenômeno da “indústria do futuro”. Estamos vivenciando a próxima geração que transformará o papel da conectividade na sociedade, permitindo mudanças cada vez mais radicais na forma como vivemos.

E você? Está pronto para esta nova tecnologia de 5G no Brasil? Agora é sua vez! Comente sobre tecnologia 5G no Brasil em nosso blog!